ÚLTIMAS RESENHAS

Latest in Tech

14 junho 2010

Terra Maldita


Tinha tudo para ser um excelente filme, um suspense de tirar o fôlego, se tivesse terminado uns 15 minutos antes...


O que estragou o filme foi o final tosco. Acontece que de uns tempos pra cá todos os dieretores pegaram essa mania de fazer uma "super grande virada" nos finais dos filmes, então você meio que já espera essa "super grande virada", que já não é surpresa para ninguém e o diretor do filme errou justamente por querer fazer isso... Bem vamos ao resumo.

CONTÉM SPOILERS.
O filme começa com uma garota (Amy Singer) correndo na floresta, com alguns arronhões e desesperada,quando ela para para respeirar um facão voa em sua direção atingindo o tronco de uma árvore, bem ao estilo Jason (o que me agradou bastante,hehe!) ela volta a correr e vemos que ela é perseguida por um homem encapuzado. De repente ela encontra um corpo em chamas pendurado sobre um fogueira.

A partir daí a cena é cortada e passamos a uma mulher (Carrie) dirigindo na estrada esura. O carro fica sem gasolina e ela precisa parar em posto muito estranha com um sujeito mais estranho ainda de atendente ( já viu isso em algum lugar? hum? Algém?)
A moça abastece o carro , e no meio da conversa o estranho frentista diz para ela passar a noite por ali, porque é muito perigoso ela ficar dirigindo aquela hora... Mas ela opta por continuar seu caminho. Enquanto dirigi naquela estrada, em meio aos bosques uma moça sai do interior do bosque e quase é atropelada, Carrie para o carro e oferece ajuda a então a personagem do começo do filme Amy. Dentro do carro ela comça a contar para a Carrie o que aconteceu.
Isso foi uma das coisas que mais me agradou no filme, uma história dentro de outra história, dificlmente um filme de terror usa isso, aliás só me lembro do Exorcismo de Emily Rose que tabém tem esse estilo de narração. Eu ador isso!É uma forma diferente de atrair o telespectador.
Apartir daí segue-se a história do que aconteceu com Amy e seu amigos.

Agora vamos para o final e o Grande SPOILER

Depois de ouvir tudo Carrie decide para em um posto para ligar para polícia e pedir ajuda.Conta para políca que está com uma moça no carro, que quase a atropelou e que a moça diz que tem um assassino atrás dela e que todos seu amigos estão mortos.
O atendente da polícia, pergunta o nome da moça e quando Carrie o diz o atendita fica bem irritado e diz que aquele n° é parar emergencia e não para trotes,não está para bricadeiras.
Sem entender ela pergunta por que é ai que o policial revela que Amy Singer está morta a 5 anos.
Ela assustada,olha para o carro e no banco do passageiro onde devia estar a Amy, não há ninguém.O filme teria gelado meus osso se tivesse terminado ai,mas não foi o que aconteceu...

Depois disso a Carrie é perseguida pelo assassino, ela recebe ajuda do atendente esquisito do primeiro posto (Tobby) que depois revela que é irmão gêmeo do assassino(Tommy),isso mesmo parece novela mexicana, acontece mais um monte de babaquice, tipo o rapazinho que atende nesse posto é sobrinho do assassino e ajuda a matar o gêmeo bonzinho enquanto o gêmeo mal mata a moça.

E é isso... O filme que poderia ter sido diferente com um final inovador acaba se tornando só mais um.

Postar um comentário