ÚLTIMAS RESENHAS

Latest in Tech

29 novembro 2010

A Menina Que Não Sabia Ler (John Harding)

Giles e Florence são irmãos e vivem na mansão de Blithe, na Nova Inglaterra em 1891. Negligenciados pelo Tio, uma pessoa completamente ausente passam o dia perambulado pela mansão em uma rotina monótona. Um certo dia Giles é mandado para uma escola e Florence se vê sem o irmão caçula pela primeira vez. Sozinha , pois o Tio é contra a educação para mulheres, ela começa a explorar a casa e descobre uma biblioteca, um lugar completamente abandonado.

Florence aprende a ler sozinha e viajando entre livros de Shakespeare, Alnan Poe e muitos outro faz da biblioteca o seu refúgio.Porém a natureza frágil de Giles o afasta da escola e ele volta para Blithe. 
Nesse meio tempo Florence conhece Thomas, "um menino alto,com pernas de garça" e muito debilitado pela asma e apesar de se tornarem amigos, ela mantém segredo sobre a biblioteca, sendo obrigada a se afastar dos livros durante as visitas de Thomas.
Quando Giles volta, é decidido contratar uma preceptora para cuidar da educação de dele e então Florence é afastada de vez dos livros pela preceptora srta.Whitaker.

Após a morte violenta da srta. Whitaker, é contratada uma nova preceptora e coisas estranhas começam a acontecer em Blithe.


Uma noite ao investigar estranhos barulhos no quarto de Giles, Florence  encontra a srta. Taylor debruçada sobre o irmão adormecido, sussurrando: "Ah, querido eu poderia comê-lo"...
Convencida de que a srta. Taylor não é quem diz que é, Florence se vê envolvida em uma história de mistério e terror, sem nenhum aliado para ajuda-la a proteger o irmão, afinal quem acreditaria que não é apenas a imaginação de uma criança solitária?

A Menina Que  Não Sabia Ler é um daqueles livros de gelar os ossos, ao estilo Alan Poe e Henry James, o autor consegue nos deixar tão tensos, que é impossível parar de ler.
O livro começa devagar, e é contado pela própria Florence, o que é muito importante, pois o leitor se apega a ela e compartilha dos seus medos e inseguranças. Ao estilo " A Volta do Parafuso " de Henry James, John Harding nos mostra que o pior medo é aquele que está dentro de nós, na nossa cabeça ,e não há como dividir com ninguém.

Eu adorei o livro, toda a história.Confesso que foi um dos poucos livros que fez meu coração disparar no final e ficar pensando sobre ele horas depois....
Altamente recomendado para os fãs de suspense e sobrenatural.

3 comentários :

  1. Eis um livro que eu comprei porque achei que trataria só dos livros e ele se mostrou mais que isso. Uma excelente surpresa.

    ResponderExcluir
  2. Ei!
    Ainda não li A Volta do Parafuso.

    É verdade... este foi um livro que me deixou tensa e que não consegui largar enquanto não terminei.

    Mas confesso que foi completamente diferente do que eu esperava.

    Bjins

    ResponderExcluir
  3. Lu, leia A Volta do parafuso é muito bom. Vale a pena!

    ResponderExcluir