ÚLTIMAS RESENHAS

Latest in Tech

12 fevereiro 2011

Conversações com Renato Russo

Renato Russo foi, na minha opinião, um dos maiores poetas do rock brasileiro e apesar de sua morte me 1996 continua conquistando "legião" de fãs por todo o país e de todas as idades.
Eu tenho uma enorme admiração pelo Legião Urbana e por todo o seu trabalho.

Esse livro se trata de uma coletânea de entrevistas com Renato Russo, desde o inicio da banda até a morte do vocalista. Em algumas entrevistas tem participação de Bonfá e do Dado.


O que eu mais gostei é que esse livro é que não se trata  de alguém falando sobre o Reanto, mas dele falando de si mesmo, respondendo diversas perguntas, expondo sua opinião sobre diferentes assunto como droga, musica, politica, aids, amor, família,sexo, etc. Isso me fez sentir mais próxima do Renato, como se eu estive ali ouvindo ele falar.
Quanto mais lia o livro mais admirava o grandioso Renato, mais queria saber sobre ele, como ele se sentia sobre as coisas.


Não há como negar que ele era uma pessoa extremamente inteligente, ele não apenas cantava, mas entendia de música e quando eu digo isso, estou falando que ele conhecia a história da música brasileira. Além de ser antenado em política, história, literatura...

No livro, Renato fala sobre seus gostos musicais (era fã do Djavan e Caetano) e na literatura Drumond e Pessoa, fica fácil enxergar a influência em suas músicas (belíssimas!). Ele também fala de Cazuza e como a sua morte o afetou na época.

Quando terminei o livro não pude deixar de pensar o quanto perdemos em termos de "qualidade" na música brasileira, pois Legião Urbana não era apenas uma banda para "ouvir" era uma banda para ouvi e sentir, tudo ao mesmo tempo.

Álbuns:

Legião Urbana (1985)
Dois (1986)
Que País É Este (1987)
As Quatro Estações (1989)
V (1991)
O Descobrimento do Brasil (1993)
A Tempestade (1996)
Uma Outra Estação (1997)
Música para Acampamentos (1992) (coletânea de gravações ao vivo)
Mais do Mesmo (1998) (coletânea)
Acústico MTV Legião Urbana (1999) (gravado ao vivo em 1992)
Como É que Se Diz Eu Te Amo (2001) (gravado ao vivo em 1994 na turnê de "O Descobrimento do Brasil")
As Quatro Estações ao Vivo (2004) (gravado ao vivo em 1990 na turnê de "As Quatro Estações")
Legião Urbana e Paralamas Juntos (2009) (gravado ao vivo em 1988)
Perfil (2011) (coletânea)
(Fonte:Wikepédia)

"Do que você gosta em literatura?

RR - Ultimamente, eu não tenho lido muita ficção, eu tenho lido biografias, eu gosto muito de biografias. Bem, Shakespeare eu sempre leio. Mas, virtualmente, eu leio qualquer coisa... Histórias de feiticeiros, de terror, Stephen King, eu adoro... Bem subliteratura mesmo, adoro coisas bem horripilantes. Mas também leio coisas sérias para estudar a linguagem. Ultimamente, eu leio muito Drummond, pode escrever aí - eu amo o Drummond, para mim só existem dois: o Fernando Pessoa e o Drummond." 

Trecho da entrevista a Bia Abramo, Bizz, abril de 1986. 


"Se eu tenho medo que me esqueçam? Não;
eu estou com o público e ele está comigo."
Renato Russo 




Editora: Brasilivros
Paginas: 275
Nota: 8







18 comentários :

  1. Legião é maravilhoso!

    Adoro a banda!

    Agora o Renato Russo em si, nunca acompanhei sua tragetoria pessoal, apenas com a banda!

    Parece um livro muito legal para o Desafio Literário!!!

    Bjus

    PS: Agora que consegui te seguir! Esse book Tour da Nanie vai ser bem legal!

    bjusss

    ResponderExcluir
  2. oii adorei o post sobre renato russo, minha amiga e super fã e bem antigo né esse livro, vou procura-lo, ele foi caro ?
    beijinhos adorei !!

    ResponderExcluir
  3. sim já estou seguindo me segue tbm !
    http://ilovedrealbook.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Adorei! Com toda certeza vai entrar na minha lista de compras!

    Beijos Stefie
    stefieferreira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Sou musicalmente falando frustrada. Nasci no ano errado. Tinha era que ter nascido antes, conhecido a Legião antes de o Renatinho morrer, pra ter ido a um show deles.

    --
    Maeva
    Murphy's Library

    ResponderExcluir
  6. Eu evito falar muito de Renatinho porque minha maior frustração é não ter curtido a época que ele estava vivo. (L) Um poeta.

    Beijocas,
    Guta
    Murphy's Library

    ResponderExcluir
  7. Renato Russo expressa a nossa poesia, ainda que eu falasse a língua dos homens, Eduardo e Mônica, Faroeste caboclo, Um icône da MPB.
    Muito boa a sugestão do livro.
    Bjs
    Renata
    www.tecergirassois.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto mto das músicas do Legião e assim como vc, acho que a gente perdeu mto quando o Renato se foi.
    Ótimo livro para o DL!
    Bjins

    ResponderExcluir
  9. Oie,
    também estou participando do desafio literário e só posso dizer uma coisa sobre sua resenha: QUE LINDA! Que vontade de ler o Renato por ele mesmo.
    ahhhhhhhhhh sério, SUPER vontade de ler esse livro. Muito obrigada pela dica! ^^

    Beijokas e inté
    Mog

    ResponderExcluir
  10. Resenha muito bom e faço côro: Renato Russo foi uma figura admimável.

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá Aline, adorei este post sobre o Renato Russo e mesmo sem ter curtido a época em que ele cantava no Legião, gosto muito das músicas da banda e fiquei muito curiosa para ler este livro.
    Bjos.


    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  12. Ah esse livro deve ser uma delícia, Renato falando dele mesmo é ótimo. Gostei muito da forma como tu escrevestes sobre o livro :)
    estrelinhas coloridas...

    ResponderExcluir
  13. UAU! adoreiiii tua resenha! fiquei com vontade de ler o livro pois tb admiro muito o Renato Russo!
    bj

    ResponderExcluir
  14. Ah, concordo com você! Legião Urbana é para ouvir e sentir! São as letras mais bonitas e mais verdadeiras!

    Admiro muito Renato Russo e também aproveitei o mês de fevereiro para ler sobre ele, hehe. Achei sua resenha muito legal, o livro deve ser bem interessante!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Certo agora fiquei com uma puta vontade de ler. Compartilho do sentimento das coleguinhas acima de ter nascido na época errada. Mas fazer o que neh?!

    ResponderExcluir
  16. Eu amo esse cara. Nasci no mesmo ano da morte dele, mas a minha mãe tem o CD dele e é o mais ouvido aqui em casa. Ele foi realmente um cara incrivel. O Brasil perdeu muita coisa depois que ele morreu.

    Beijos, Julia
    Tijolinha, Books & Fanfics

    ResponderExcluir
  17. já li esse livro e posso dizer que foi um dos que mais me marcaram. sou fã do renato desde a adolescencia e o livro me ajudou a entender a personalidade desse homem tão polêmico e talentoso. recomendo.

    ResponderExcluir