Header Ads

Header Ads

Conselho de Amiga (Siobhan Vivian)



Editora: Novo Conceito
Autor: Siobhan Vivian
Páginas: 224
Nota do Sempre Nerd: 2,5/5

Ruby está completando 16 anos... mas o dia especial não é tão doce quanto foi planejado. Seu pai desaparecido há muito tempo aparece e Ruby não quer ter nenhuma relação com ele. Ao contrário, ela quer sair com seus amigos — a leal Beth, a perigosa Katherine e a fofoqueira Maria. Elas dão muitos conselhos a Ruby — sobre garotos, seu pai e como ela deve se vestir e como deveria estar se sentindo. Mas, na verdade, ela não sabe o que pensar ou sentir. Especialmente quando um novo garoto entra em cena... e Ruby descobre que algumas de suas amigas não são tão verdadeiras quanto dizem.

O livro conta a história de Ruby e suas amigas, Katarine, Beth e Maria, é narrado em primeira pessoa e no tempo presente, possibilitando o leitor vivenciar tudo em tempo real, junto com Ruby.
O pai de Ruby foi embora quando ela era muito pequena e no dia de seu aniversário de 16 anos ele reaparece, trazendo a Ruby muitas lembranças dolorosas e um turbilhão de emoções. Ela não sabe como lidar com a situação e procura o apoio das amigas.

Confesso que eu achei o livro bem mediano, com uma história fraca e personagens mal sincronizados. A protagonista é bem infantil, o que tem se tornado comum na maioria do livros teen, apesar de ter 16 anos suas atitudes são muito imaturas. Beth, sua melhor amiga, tem algumas ações que embora da autora tenha tentado justificar, simplesmente não fazem sentido e Katerine e Maria parecem que simplesmente foram jogadas na história.


Mas apesar de ter um enredo fraco, o livro tem a escrita leve e fluída e em algumas parte me provocou um pouco de nostalgia, me fez lembrar da minha adolescência, das festas, das amigas, do primeiro beijo, etc. Então não é totalmente ruim, apenas acho que ainda não estava pronto, os personagens precisavam ser mais explorados e ter uma participação maior no desenvolvimento da história, principalmente Maria que é uma personagem central. Acho que o final foi um pouco corrido, mas gostei, pois se parece mais com o que teria acontecido se se tratasse da vida real, enfim, indico a um público mais jovem, ou para quem tem vontade se lembrar da adolescência.

Nenhum comentário:

Disqus for Sempre Nerd