ÚLTIMAS RESENHAS

Latest in Tech

15 março 2013

Cine Nerd: A Possessão

Título Original:The Possession
Direção: Ole Bornedal
Ano: 2012
Gênero: Terror
País: EUA
Duração: 92 minutos
Nota: 7,0

Sinopse:
Clyde (Jeffrey Dean Morgan) e Stephanie Brenek (Kyra Sedgwick) estão separados, mas conseguem se relacionar para o bem das duas filhas do casal. Quando ele compra uma casa nova, sua filha mais nova Em (Natasha Calis) o convence a comprar algumas coisas para lá, entre elas, uma caixa de madeira muito bem trabalhada e ao mesmo tempo misteriosa, que não se pode abrir. Encantada pelo artefato, a jovem descobre como se abre, passa a ouvir vozes e, em seguida, estranhos acontecimentos começam a acontecer na casa. Desconfiado do comportamento da caçula, totalmente diferente, ele conversa com a ex que não dá ouvidos e eles começam uma nova crise. Quando a mãe se dá conta de que ele falava a verdade, já é tarde demais, pois a jovem está possuída por um espírito do mal, que se alimenta de seus hospedeiros. Começa então uma corrida contra o tempo para salvá-la e um exorcismo pode ser a solução.

Clyde é divorciado, mas é um pai presente, sempre busca as filhas Hanna e Emily para passar o fim de semana com ele.
Em um desses fins de semana ele e as filhas passam em um "leilão" de coisas usadas e Emily se encanta com uma caixa antiga, de madeira, detalhada com alguns escritos em hebraico. Sem saber que estão adquirindo um objeto amaldiçoado, que possui um espírito demoníaco aprisionado, eles compram a caixa. Coisa estranhas começam a acontecer quando Emily consegue abrir a caixa.

O filme conta com um bom elenco, a atriz que interpreta Emily consegue de fato incorporar a personagem e amedrontar o telespectador. Acredite você vai ficar vidrado nas cenas de possessão.
A história segue pela mesma linha da maioria dos filmes que abordam esse tema. As coisas vão acontecendo aos poucos, conduzindo o público para o grande clímax, que é o ato do exorcismo. A diferença é que nesse filme trata-se de um ritual de exorcismo judaico.

Embora não cause o mesmo pavor que O Exorcista e o Exorcismo de Emily Rose, o filme consegue ser bem tenso, principalmente pelo fato de se tratar de uma história baseada em fatos reais. No inicio do filme é informado que a família em questão passou por esses eventos durante trinta dias. Assustador, não?

Postar um comentário