Header Ads

Header Ads

A Culpa é das Estrelas (John Green)

Editora: Intrínseca
Autor: John Green
Páginas: 288
Nota do Sempre Nerd: 5/5 Favoritado!

A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.



Primeiramente eu não sei se eu vou conseguir colocar na resenha tudo o que esse livro causou em mim, o quanto ele conseguiu me emocionar.

Hazel tem 16 anos e é uma paciente terminal, está na luta contra o câncer há 3 anos. Ela é uma protagonista madura para sua idade e que de fato já aceitou seu destino, sua única preocupação é saber como seus pais conseguirão prosseguir após sua inevitável morte.

Um dia por insistência da mãe ela vai a uma reunião em um Grupo de Apoio ás crianças com câncer, grupo que ela já havia frequentado, mas dessa vez ela tem uma surpresa, ela vê pela primeira vez Augustus Water, o amor de sua vida.

Augustus é menino lindo e inteligente que teve a perna amputada devido ao câncer, ao ver Hazel pela primeira vez ele se aproxima da garota e se interessa por ela.

Aos poucos eles vão se aproximando e se apaixonando e o leitor vê surgir um sentimento tão lindo e tão real que é impossível não se envolver com o casal, que além de seus dramas adolescentes tem também a terrível certeza de uma morte precoce.

O livro é lindo e emocionante, mas não de forma exagerada. Os personagens são bem humanizados e a história bem construída. 

Hazel é uma garota muito forte com um humor acido e irônico e Guz é encantador, galante e com ótimas piadas de humor negro.

A história mexeu muito comigo não apenas pela situação dos adolescentes com câncer, mas também por tudo que seus familiares e amigos enfrentam junto com esses jovens, foi um leitura incrível e muito intensa.

Esse foi o primeiro livro do John que eu li e confesso que fiquei com medo, pois era tanta gente elogiando e sempre acabo me decepcionando quando tenho muitas expectativas sobre um livro, mas posso dizer que me apaixonei pela escrita do autor e pela forma como ele conduz a trama. 
John me surpreendeu e partiu meu coração, e eu ficarei marcada por esse livro para sempre, seja por suas frases belíssimas, sejo pelo romance tão real e tão fofo, seja  pelo casal mais cativante de todos os tempos, ou seja por sua escrita fantástica.
A Culpa é das Estrelas é um livro muito envolvente, que em um paragrafo pode fazer você sorrir, mas no outro vai arrasar seu coração. Mesmo que o leitor já espere, mesmo que aceite, impossível não se emocionar.

Quotes:

"Me apaixonei do mesmo jeito que alguém cai no sono: gradativamente e de repente de uma hora para outra".

"A tristeza não nos muda , Hazel. Ela nos revela."

"Passei a maior parte da minha vida tentando não chorar na frente das pessoas que me amavam. Você trinca os dentes. Você olha para cima. Você diz a si mesmo que se eles o virem chorando, aquilo vai magoá-los, e você não vai ser nada mais que uma tristeza na vida deles".

"- Okay? - Okay."

Playlist:
- Everething (Lifehouse)
- Time After Time (Eva Cassidy)
- No One's Listening Anyway (Go Go Dolls)

11 comentários:

  1. Também foi o primeiro livro que eu li do autor, e graças a Deus consegui me apaixonar, em breve irei ler mais livros dele.
    leituramagnifica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Assim como você resolvi ler esse livro pelos vários comentários positivos que eu lia sobre o mesmo, mas diferentemente não recebi tão bem assim o livro. Apesar de ser uma ótima história, muito bem escrita, na minha opinião não foi tudo isso o que eu imaginava, como eu disse o autor escreve bem, a história é ótima, mas ainda assim o achei superestimado, minha expectativa era de que esse seria o livro da minha vida, mas é um livro normal como vários outros.
    Um Ponto Negativo desse livro é que em dados momentos ele deixa o leitor muito pra baixo, principalmente se você é um leitor diagnosticado com câncer, mas o final do livro valeu a pena!

    Grande Abraço
    Claudinei Barbosa
    http://resenhandoecontando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Faz tempo que li esse livro e lembro de naquela época estar começando o burburinho pelas obras do John Green, então eu consegui ler o livro sem expectativas (como eu sempre faço). Confesso que fui surpreendido positivamente e que o li rapidamente (acho que em dois dias). John Green tem uma escrita fácil e seus personagens são cativantes. Acho que foi por isso que eu curti tanto essa leitura. No mais, gostei de sua resenha. Espero que a adaptação pro cinema seja tão boa quanto o livro!

    Abraços!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas já até separei ele aqui pra pegar qualquer dia e furar a fila das parcerias!! hahaha... Quase não consigo ler os livros que compro.

    Como você, também tenho medo de estar com expectativas altíssimas e acabar me decepcionando, fico feliz de saber que não foi o que aconteceu durante a sua leitura. Adoro livros que mexem com os sentimentos da gente, principalmente esses que nos fazem passar do sorriso às lágrimas sem aviso. E adorei saber que a Hazel tem um humor ácido e irônico e que o Gus tem ótimas piadas de humor negro!! hehe... Gosto desses traços em personagens. enfim, quero ler logo!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  5. Oi Aline,
    tudo bem?
    Todos estavam falando sobre esse livro. Até que uma colega se revoltou durante a leitura e eu pedi para saber o motivo e descobri toda a história, até o final. Acho que é uma história devastadora, ainda não li, mas confesso que não quero ter essa experiência. Eu gosto muito de ler dramas, acho importante sabermos da realidade, refletirmos sobre o que lemos, sermos desafiados, sermos tocados a ponto de mudarmos. Mas, não sei, não é para mim.
    Berijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Mas João Verde é um amorzinho, não é mesmo?
    Fez a gente se apaixonar pelos dois, matar o mais querido e chorar por meses seguidos. Ele é genial *-*.

    Beijo,
    Pamela.

    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Amiga esse livro parece que arrancou lágrimas da maioria, rs.
    Ainda não li, pretendia fazê-lo em breve, mas não estou no clima para leituras assim no momento.
    Bj

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa Aline eu estou louca para ler este livro, e assim como você tenho medo de começar a ler e me decepcionar, acabar não gostando. Mas ao menos com você, não teve disso, bom só espero que quando eu pegue para ler também seja assim. Quero muito poder me emocionar, chorar, rir com este livro.
    Adorei os quotes que você separou!
    Parabéns pela resenha, ela esta de deixar nos que não lemos com vontade de pegar já o livro e começar a devora-lo.

    Beijokas Ana Zuky

    http://www.sanguecomamor.com.br

    ResponderExcluir
  9. Minha opinião é que esse livro é maravilhoso apesar de ñ ter lido ainda ouvi falar muito bem e sobre a história contada é muito na vida real ele acaba sendo uma auta ajuda um estimulo para quem vive a situação é triste mais a vida é feita de fases assim tristes e alegres.
    Quero ganhar esse livro e ter a oportunidade para poder ler bjos....
    http://erildabarbosapadula.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Esse livro é o melhor que eu já li. A Culpa É Das Estrelas está para mim assim como Uma Aflição Imperial está para Hazel Grace.

    Eu ri, fiquei com raiva, joguei praga e quase, quase chorei. Cheguei a lacrimejar e olha que isso é bem difícil, já que eu tenho um coração de pedra, rs.

    Ótima resenha e quotes ideais. Parabéns!

    www.gnrgunnar.com.br

    ResponderExcluir
  11. Não sabia que ele também havia tido cancer. Sei pouco sobre esse livro, vou ler, mas sinceramente sei que é bem triste, estou protelando.

    ResponderExcluir

Disqus for Sempre Nerd