ÚLTIMAS RESENHAS

Latest in Tech

06 fevereiro 2014

Lua Vermelha (Benjamin Percy)

Editora: Arqueiro
Autor: Benjamin Percy
Páginas: 432
Nota do Sempre Nerd: 5/5

Eles vivem entre nós. São os seus vizinhos, a sua mãe, o seu namorado. Eles mudam do dia para a noite. Como toda adolescente, Claire Forrester se acha meio deslocada. Quando agentes do governo invadem sua casa e matam seus pais, ela percebe o quanto é diferente. Claire pode se transformar em uma criatura semelhante a um lobo. Ela é uma licana. Patrick Gamble entra em um avião e, horas depois, desembarca como o único sobrevivente de um ataque terrorista promovido pelos licanos. Da noite para o dia, ele vira um herói nacional: o Menino-Milagre. O governador Chase Williams jura que, se for eleito presidente, protegerá o país da ameaça que aterroriza a população. Em meio ao acirramento dos conflitos entre humanos e licanos, seu discurso intensifica a discriminação. No entanto, ele vai se tornar exatamente aquilo que prometeu destruir. Cada um a seu modo, os três estão envolvidos em uma guerra que tem sido controlada com leis, violência e drogas. Mas uma rebelião está prestes a estourar, provocando mortes e destruição e entrelaçando seus destinos para sempre. Com a chegada da noite da lua vermelha, o mundo se tornará irreconhecível. A batalha pela sobrevivência da humanidade irá começar. 

Eu sempre gostei de histórias de lobos/ lobisomens, principalmente quando são mais voltados para horror do que para o romance.
Assim que a Arqueiro anunciou que lançaria esse título fiquei com vontade de ler e depois que li o King elogiando o livro, enlouqueci, afinal ser elogiado por Stephen King não é pouca coisa.

O mundo está dividido entre licanos e humanos. Os licanos são considerados uma ameaça e se quiserem fazer parte da sociedade devem se cadastrar e usa um remédio, Volpexx, que controla essa transformação, porém deixa a pessoa/licano extremamente dopado. Existem cotas para licanos em universidades e os licanos são proibidos de muitas coisas, chega um momento em que eles não podem andar de avião. Porém se um licano não se cadastra não há como saber se ele é ou não licano, mas caso seja descoberto será considerado uma ameaça e exterminado pelo governo.

Existe um grupo de licanos que é revolucionário, eles querem direitos iguais e não querem serem obrigados a tomar o Volpexx, porém eles são extremistas e conforme o governo não sede as reivindicações eles se rebelam, elaboram ataques e atentados, tornando tudo um caos.

O livro é cheio de ação, sadismo, mortes violentas e de certa forma é uma metáfora de como a sociedade descrimina as minorias e de como o ser humano age quando se sente ameaçado.
Esse livro é genial, existe toda uma teoria de como esse vírus surgiu e como o governo está lidando com isso. Mostra a revolta dos licanos e também o medo da população, o autor quis expor os dois lados da moeda, é impossível não ficar vidrado em cada página.

Os personagens também são maravilhosos, muito bem caraterizados, cada um tem sua guerra interna. 

A narrativa é em terceira pessoa, mas alternando a vida de cada personagem, o leitor acompanha Claire, Patrick, Miriam e Chase e sabemos que em algum momento seus caminhos vão se cruzar.

Um livro incrível e surpreendente, o autor conseguiu inovar no tema e presentear os fãs do horror e Literatura Fantástica com uma obra-prima, digno de se tornar um filme Lua Vermelha mal vai te deixar respirar.

5 comentários :

  1. Olá!

    Desde que vi a sinopse me interessei por esse livro e essa é a primeira resenha que leio. Confesso que fiquei bem empolgada, pois esperava menos da trama. Adorei toda a ideia do autor e o desenvolvimento da história. Ótima resenha e quero ler logo.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Primeiramente eu preciso dizer que a capa me chamou bastante atenção, mas esse título 'Lua Vermelha' eu já vi em algum outro lugar e não era desse autor!
    Só por ser elogiado pelo King já merece ser lido, confio muito nesse autor (apesar de só ter lido um livro dele e metade de outro na vida!) Fiquei super interessado só pelas coisas que você disse ter e essa trama dos licanos e humanos parece ser muito sensacional! Já adicionei à minha lista de leitura!

    Abraços!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  3. Esse livro junta duas coisas que definitivamente não me atraem: lobisomens e horror. Não leria de forma alguma, principalmente agora que sei que ele é cheio de sadismo e de mortes violentas.

    Mas que bom que você curtiu a leitura, me parece uma ótima indicação para quem gosta de livros do gênero!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline,
    tudo bem?
    Eu adoro lobisomens e vampiros como você. Enquanto lia sua resenha, engraçado, parecia que eu estava lendo a história dos X-Men. É muito semelhante. Sou fã de X-Men, então, acho que vou adorar esse livro.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Bom eu to um pouco saturada de lobos, mesmo sabendo que o autor inovou no assunto. E me desanimou mais ainda saber que o enredo tem mortes violentas e sadismo.
    Eu não faria essa leitura no momento.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir