Header Ads

Header Ads

Header Ads

O Húngaro Que Partiu Sem Avisar (Marcelo Antinori)

Editora: Lazuli
Autor: Marcelo Antinori
Páginas: 271
Nota do Sempre Nerd: 3/

Quem era o húngaro que vivia no apartamento de baixo e desapareceu sem dizer para onde ia? A única pista que deixou foram alguns papeis escondidos nos vinte seis livros que guardava em sua estante. Aquela busca que começou com uma simples curiosidade de Bebei, o arquivista da embaixada da França, acabou revelando um intrincado mistério que teria de ser desvendado para salvar a pacata Santa Clara Frente ao Mar das ameaças escondidas nos planos do prefeito. Marcelo Antinori, nesta história que desde o inicio prende o leitor, nos convida a descobrir os segredo do misterioso húngaro ao mesmo tempo que nos leva a um passeio pela pequena cidade caribenha que guarda em sua arquitetura a memória de um passado colonial. Uma trama que combina pitorescos personagens locais como Grená que em baixo a seu guarda sol vende bilhetes de loteria, o filósofo que dorme na praça com seus gatos e aqueles loucos maltrapilhos que vivem e bebem nas escadarias da Igreja das Mercedes, a exóticos visitantes que parecem saídos dos velhos contos da guerra fria.

A história se passa em Santa Clara, uma cidade em frente ao mar, que possui moradores antigos e cheio de hábitos. O leitor é apresentado a rotina da cidade, aos personagens e a  um mistério.
Certo dia Bebéi, um arquivista da embaixada da frança, percebe de forma bem peculiar que seu vizinho O Húngaro, havia partido da cidade há 10 anos sem que ninguém percebesse, deixando o apartamento intocável, e o que começa como uma simples curiosidade se torna um investigação cheia de revelações bombásticas. Por ter em mão papeis comprometedores sobre a vida do húngaro, Bebéi se vê envolvido numa arriscada aventura.

A história é cheia de personagens distintos e originais e a trama que começa morna vai esquentado a medida que segredos sobre o húngaro são revelados. Não é possível falar muito do enredo sem soltar spoiler, então prefiro não arriscar e deixar que vocês mesmos descubram por que o húngaro partiu sem avisar.

Confesso que no início achei a escrita do autor bem arrastada e tive um pouco de dificuldade em me conectar com a história, mas tão logo me vi envolvida com o mistério do Húngaro, que não conseguia parar de ler. 
O que mais gostei foi o fato de que em meio ao mistério o livro vai abordar corrupção, genocídio e a Guerra Fria. Achei formidável as conexões que o autor conseguir criar e adorei a forma como ele tratou da Guerra Fria na história. 

Os fãs de suspense e romance policial vão adorar, mas preparem-se para um narrativa lenta, as informações vem aos poucos, porém o autor não deixa pontas soltas nas revelações.
Original e criativo O Húngaro Que Partiu Sem Avisar vai surpreender e agradar.

4 comentários:

  1. Oi, Aline
    Não conhecia esse livro. Não sou muito fã de romance policial, mas fiquei intrigada com o mistério do húngaro. Só fiquei desanimada por ser uma leitura arrastada.

    ResponderExcluir
  2. Francine Porfirio8 de maio de 2014 14:22

    Aline-flooooor!
    Menina, que loucura essa vida! Quase não conseguia tempo para vir aqui (rs).
    Cá estou e, nossa, que resenha é essa? Eu não conhecia este livro. Talvez realmente não chegue a lê-lo, porque não estou muito para mistérios e suspenses… Mas confesso que gostei da história. Eu gosto de histórias assim, com personagens um tanto "reais", sabe? Uma trama que começa por uma simples observação, de que o vizinho partiu sem que vissem, mas avança para algo inusitado. Curti! Faz pensar que sob pequenas coisas, podem haver grandes descobertas, haha.


    Adorei a resenha!


    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Aline
    Achei a capa desse livro super diferente. Parece ser um livro de suspense muito bom. Fiquei curiosa por se passar na época da Guerra Fria. Pretendo ler.

    ResponderExcluir
  4. Adoro um romance policial, então esse livro vai ser perfeito pra mim... rsrs
    Nunca tinha visto ele por aí, mas fiquei bem curiosa pra descobrir todos os mistérios que envolvem O Hungaro..

    Bjok

    ResponderExcluir