Header Ads

Header Ads

O Rei Demônio (Cinda Williams Chima)

Série: Os Sete Reinos #1
Editora: Suma de Letras
Autor: Cinda Williams Chima
Páginas: 384
Nota do Sempre Nerd: 4/5
O Rei Demônio - O jovem ladrão reformado Han Alister é capaz de quase qualquer coisa para garantir o sustento da mãe e da irmã, Mari. Ironicamente, a única coisa valiosa que ele possui não pode ser vendida: largos braceletes de prata, marcados com runas, adornam seus pulsos desde que nasceu. São claramente enfeitiçados — cresceram conforme ele crescia, e o rapaz nunca conseguiu tirá-los.
Enquanto isso, Raissa ana’Marianna, princesa herdeira de Torres, enfrenta suas próprias batalhas. Ela poderá se casar ao completar 16 anos, mas ela não está muito interessada em trocar essa liberdade por aulas de etiqueta e bailes esnobes. Almeja ser mais que um enfeite, ela aspira ser como Hanalea, a lendária rainha guerreira que matou o Rei Demônio e salvou o mundo. 
Em O Rei Demônio, primeiro de quatro livros, os Sete Reinos tremerão quando as vidas de Han e Raissa colidirem nesta série emocionante da autora Cinda Williams Chima.



Esse foi o meu primeiro contato com Cinda e apesar do livro ter sido um pouco diferente do que eu imaginava, eu gostei bastante da leitura.

A princípio vamos conhecer dois personagens muito importantes Han e Raisa. Logo no início do livro Han está em uma caçada com seu amigo Dançarino de Fogo e eles acabam encontrando Micah Bayar, filho do Grão Mago do reino, e roubam dele um amuleto mágico e perigoso.  Posteriormente Han descobre que esse misterioso amuleto pertencia ao Rei Demônio, que quase destruiu o mundo,  no entanto acabou sendo pela lendária rainha guerreira Hanalea.
Paralelamente a essa história somos apresentados a Raisa, a princesa herdeira do reino. Ela está se preparando para escolher um pretendente e casar-se, mas essa não é a vida que ela deseja. Ela quer ser como a grande guerreira Hanalea e lutar pelo seu povo.

Os capítulos são escritos em terceira pessoa e alternam entre Han e Raisa e em certo momento o caminho dos dois se cruzam.

Adorei o livro, quando disse, no começo da resenha, que era diferente do que eu esperava, me refiro ao quesito fantasia, pois o livro está mais para um romance histórico. Existem sim elementos de fantasia, artefato mágicos e etc, mas são apresentados de forma bem breve. Não que isso torne o livro ruim, mas pode desanimar os leitores que esperam uma aventura mágica permeada de seres fantástico. É importante começar a leitura ciente de que você vai encontrar um romance medieval.

Mesmo sentido falta da fantasia, eu recomendo sim o livro, pois possui um enredo bem elaborado, cheio de intrigas e jogadas politicas, crimes e traições. Existe também uma gama de personagens maravilhosos, bem estruturados e cativantes. 

A narrativa da autora também merece elogios, pois ela é uma ótima contadora de história,  consegue transportar o leitor para o mundo que ela apresenta. Adorei as descrições dos lugares e a ambientação da história, cada nação do reino possui sua própria cultura, linguagem e costume, ficou realmente muito bem desenvolvido e elaborado.

Enfim, é um livro com uma história agradável e bem montada, mesmo que a parte da fantasia tenha sido pouco explorada, acho que vale a pena. Com certeza leirei o restante da série.

Nenhum comentário:

Disqus for Sempre Nerd