ÚLTIMAS RESENHAS

Latest in Tech

23 abril 2015

O Voo da Libélula (Michel Bussi)


Série: -
Editora: Arqueiro
Autor: Michel Bussi
Páginas: 400
Nota do Sempre Nerd: 3,5/5

O Voo da Libélula - Agraciado com 4 prêmios na França, entre os quais o Prix Maison de la Presse e o Prix du Roman Populaire, O voo da libélula teve seus direitos vendidos para 25 países e ganhará uma adaptação cinematográfica.Na noite de 23 de dezembro de 1980, um avião cai na fronteira entre a França e a Suíça, deixando apenas uma sobrevivente: uma bebê de 3 meses. Porém, havia duas meninas no voo, e cria-se o embate entre duas famílias, uma rica e uma pobre, pelo reconhecimento da paternidade.Numa época em que não existiam exames de DNA, o julgamento estende-se por muito tempo, mobilizando todo o país. Seria a menina Lyse-Rose ou Émilie? Mesmo após o veredicto do tribunal, ainda pairam muitas dúvidas sobre o caso, e uma das famílias resolve contratar Crédule Grand-Duc, um detetive particular, para descobrir a verdade.Dezoito anos depois, destroçado pelo fracasso e no limite entre a loucura e a lucidez, Grand-Duc envia o diário das investigações para a sobrevivente Lylie e decide tirar a própria vida. No momento em que vai puxar o gatilho, o detetive descobre um segredo que muda tudo. Porém, antes que possa revelar a solução do caso, ele é assassinado.Após ler o diário, Lylie fica transtornada e desaparece, deixando o caderno com seu irmão, que precisará usar toda a sua inteligência para resolver um mistério cheio de camadas e reviravoltas.Em O voo da libélula, o leitor é guiado pela escrita do detetive enquanto acompanha a angustiada busca de uma garota por sua identidade.  

Um acidente de avião. Uma única sobrevivente. Seria a bebezinha de 3 meses da família Carville ou da família Vitral? Eis um dos mistério mais emocionantes e envolventes que eu acompanhei.

A trama do livro gira em torno da investigação a cerca de Lylie, seria ela um Carllie ou uma Vitral. Havia duas bebês no voo, apenas uma sobrviveu, em uma época onde não havia exame de DNA, tudo é deixado na mão do detetive Gran Duc.
Apesar da decisão judicial, a descoberta a cerca desse drama está longe de acabar. Gran Duc acompanha a garota durante 18 anos e no último dia de sua investigação ele descobre a pista que revela toda a verdade.  Através de um jornal, um detalhe desapercebido pode por fim solucionar o caso.

O plot do livro é bem interessante e realmente prende o leitor. Acompanhamos a história através do diário de Gran Duc  e das impressões de Marc que está lendo o diário. Assim vamos conhecer a vida das famílias envolvidas no casos. Em alguns momentos senti a leitura um pouco arrastada e repetitiva, senti que demorava para algo acontecer. No entanto o mistério era tão empolgante, a busca pela verdade era tão intensa e os personagens principais tão adoráveis, que valeu a pena cada instante da leitura.

Mesmo com alguns momentos de enrolação, o autor consegue manter o leitor preso na trama pois existem algumas reviravoltas, que deixam a história muito mais encantadora e excitante.  O desfecho é surpreendente e sendo bem sincera, ainda não sei dizer se me agradou.
O Voo da Libélula com certeza é um livro que envolve o leitor, não só pelo enigma a cerca de Lylie, mas por toda a história de vida que ele carrega.

Um romance policial leve, com uma pitada de melancolia e um toque de drama.

*Aguardem , pois o livro vai ganhar uma adaptação cinematográfica.

Um comentário :