Header Ads

Header Ads

A Morte de Sarai (J.A. Redmerski)


Série: Na Companhia de Assassinos #1
Editora: Suma de Letras
Autor: J. A. Redmerski
Páginas: 255
Nota do Sempre Nerd: 5/5

Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte. 
Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar. Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo. 
Em “A morte de Sarai”, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.



Genteeee, esse livro é eletrizante! Sério, é um livro incrível que me surpreendeu demais e mal posso esperar pela continuação de tão boa que foi essa leitura.

Não vou falar muito do enredo, por que acho que a sinopse está bem completa e eu não quero estragar a surpresa, porque vale muito a pena mesmo.

A Sarai é uma protagonista que eu gostei bastante, ela precisa sim amadurecer em muita coisa, mas eu achei ela tão legal. E o Victor é um anti-herói com uma personalidade obscura, mas paradoxalmente cativante, levando eu conta toda a sua história, afinal ele é um assassino profissional.

Se você acha que vai encontrar um romance meloso aqui, está completamente enganado A Morte de Sarai é um livro cheio de ação, morte, perseguição e surpresas. 

A trama é bem profunda e sombria e completamente imprevisível  e foi exatamente isso me deixou impressionada. 
A autora trabalha com temas pesados como abuso e tráfico de mulheres e os explora de forma sensata e intensa. É formidável a sua originalidade ao criar um enredo tão diferente e dar vida a personagens tão complexos e marcados. 

A Morte de Sarai é um livro autêntico com uma história genial e uma narrativa deliciosa. 


Nenhum comentário:

Disqus for Sempre Nerd