ÚLTIMAS RESENHAS

Latest in Tech

26 junho 2015

Rose Madder (Stephen King)

Série: -
Editora: Suma de Letras
Autor: Stephen King
Páginas: 478
Nota do Sempre Nerd: 5/5

Uma fábula brilhante onde a perspicácia e a sensibilidade femininas são as únicas armas contra a truculência de um policial louco. Esta é a trama principal de Rose Madder, o mais novo romance do grande mestre do terror contemporâneo, Stephen King.

Esse é um dos enredos mais intensos e inquietantes que eu já li do autor. A trama possui uma atmosfera sufocante, onde a protagonista é diariamente maltratada e atormentada pelo próprio marido. King leva o leitor ao limite ao descrever situações de extrema violência e abuso durante um casamento de 14 anos. 
Impressionante e perturbador, foi assim que a leitura começou, pois logo no primeiro capítulo, o mestre não poupa seus fãs e mostra de forma realista e detalhada a infeliz vida de Rose.

Rose é casada com Norman Daniels, um policial exemplar, promovido a detetive, ele é a estrela da cidade, mas por trás disso existe um sádico, um homem violento e cruel que espanca a esposa por qualquer motivo, porém ele é inteligente e jamais deixa marcas visíveis, afinal alguém poderia notar e começar a falar...

Depois de muitas violências e incessantes humilhações Rose chega ao limite e decide fugir, mesmo morrendo de medo, sem dinheiro e e sem ter aonde ir, Rose não pode mais suportar seu cativeiro. Contudo ela deve ser esperta, afinal Norman é um detetive e encontrar pessoas é a sua especialidade.

Esse livro é perturbador, principalmente por trazer uma trama tão violenta e tão real, afinal quantas mulheres sofrem violência doméstica hoje em dia? Por isso é tão assustador e tenso. 

O início do livro é pesado, dói ler as situações que Rose sofre e por nos preocuparmos com ela ficamos instigados por continuar a história, pois com a sua fuga e a perseguição de seu diabólico marido a história entra em um clima de thriller e suspense. Onde é impossível largar o livro

A princípio Rose é apenas uma mulher frágil e assustada, sem muitas esperanças de reconstruir a vida, mas a medida que a história vai se desenrolando Rose vai crescendo e se tornando um mulher corajosa e firme, essa é uma das heroínas mais bem construídas e admiráveis do King.

Norman é um demônio, um homem cruel, machista, covarde e agressivo, ele comete muitas atrocidades com Rose, ele é pavoroso. Um homem extremamente bem treinado e perspicaz, o que o torna ainda mais perigoso.

O livro tem narrativas alternadas entre Rose e Norman e o trabalho que King faz quando dá vida  a Rose é sensacional, ver o sofrimentos e as surras através dela cria uma conexão muito forte e é impossível não sentir compaixão, impossível não compreender seus medos e suas atitudes,
A parte de Norman é como estar na mente de um louco, psicopata. Saber que o que ele faz lhe dá prazer é assustador.

O livro pode ser dividido em duas partes a primeira vai tratar da violência doméstica, da fuga e da tentativa de Rose de se reconstruir. A segunda parte é onde entra o elemento sobrenatural, isso incomodou muitos fãs do mestre, no entanto eu achei algo incrível e inédito, apesar da mudança abrupta no enredo, eu gostei muito do rumo que a história toma e da forma como essa parte sobrenatural é desenvolvida.

Eu achei Rose Madder um livro maravilhoso, muito completo em seus personagens e bem profundo nas situações vivenciadas por eles. O clima é de tensão do início ao fim, o vilão Norman é arrepiante e toda vez que o seu sorriso era sitado (seus dentes), eu ficava aflita. Ele é aquele tipo de homem implacável, malévolo e que pensa estar acima da lei. 

O livro também faz referências a série Torre Negra e aos livros de Paul Sheldon de Misery-Louca Obsessão.

Esse é o tipo de livro que causa impacto e mexe muito com o leitor. A parte sobrenatural não é tão assustadora, e nem deveria afinal a realidade retratada aqui já é horrível o bastante, mas dá um tempero a mais na trama. Super recomendado, mais uma vez King consegue abordar com maestria a loucura e a maldade do ser humano e envolver o leitor de forma primorosa.

27 comentários :

  1. Olá
    acredite ou não, eu nunca li nada do King, e olha que eu já tenho um livro del, rsrs, sempre tenho uma curiosidade de ler algo de tero , adorie a sua resenha, a capa desse livro é bem legal
    Passa Lá - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Violência domestica é um tema pesado e sempre atual, mesmo com todas as conquistas de nós mulheres, com leis que nos aparam, ainda há muitos casos de violência, ocorrendo todos os dias. Acho que a literatura tem um papel importante, para fazermos refletir sobre as lutas por igualdade e de alerta para denuncia.
    Não li o livro, mas pelos pontos levantados por você, Stephen nos dar um soco no estomago com esse livro.


    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. A temática é bem forte mesmo.
    Combina com a capa, meio sinistra.
    Não conhecia o livro, mas achei bem interessante e já add na listinha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Nossa Aline...este livro parece mesmo perturbador! Eu até hoje não li nada do autor, e ainda nem conhecia este livro. Tenho vontade de conhecer a escrita dele, e até começaria com este. Adorei a trama.
    GOstei de saber que não é tão assustador, pois tenho um pouco de medo rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. o mestre King sempre sabe conduzir uma boa história de reviravoltas. Fiquei muito curiosa pra saber o desfecho, ainda mais com uma temática tão forte. Já criei raiva do detetive sem nem ter lido ainda... xD

    ResponderExcluir
  6. Aline, gostei muito de como você mostrou os pontos do livro.
    Porém eu não leria porque sou muitooooo medrosa, mas é o tipo de livro que sei que meu noivo ama.


    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Tenho muita curiosidade para conhecer a escrita de King. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas me interessei bastante pela premissa.
    Por se tratar de um tema delicado e intenso, fiquei curiosa para ver como King conduziu essa história tão inquietante e perturbadora.
    Ótima resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  8. Ana Gabriela da Silva Santos30 de junho de 2015 15:23

    Só por essa resenha, j´q quero ler agora. Sensacional.
    Mesmo também não entendendo esse lado sobrenatural, fiquei super curiosa para ver como é o livro.


    Legal.


    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  9. Fiquei interessada por esse livro, não conhecia, mas a temática muito me interessa. Sua resenha ficou forte e passou bem a sensação do que sentiu com a leitura. Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Não conhecia esse livro, e mesmo não tendo lido nenhum livro do autor, imagino como deve ser sua escrita. Fiquei curiosa para ler, gosto de histórias mais realistas, sabe? Então, saber que o livro tem uma parte sobrenatural me desanimou um pouco...
    A violência provavelmente vai me deixar um pouco perturbada...haha' mas gostaria de ler para ver o que acontece.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Andreza Amarante1 de julho de 2015 12:11

    Tem como alguma trama de King não ser perturbadora?rs
    Mais um para a lista dos desejados.
    Adorei a trama, parece tenso e atual.

    ResponderExcluir
  12. Oi Aline, tudo bem?
    Ainda não li nenhum livro do King, o que admito é uma vergonha, já que eu adoro histórias de terror, mistério e suspense!
    Não conhecia ainda Rose Madder, mas achei a premissa bem diferente e interessante também!
    Espero ter oportunidade de ler em breve....

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  13. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler nada do autor, mas todos falam muito bem da sua escrita e de suas historias, eu tenho muita vontade de pegar algo para ler dele, porém acredito que eu não iria começar com o Rose Madder, a atmosfera parece um tanto quanto sufocante, mas com certeza ele já está na lista para ser lido em um futuro proximo.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Cara, King é algo fora do comum, seus enredos sempre me trazem uma angústia absurda! Com certeza irei ler esse livro, sua resenha ficou muito boa.

    ResponderExcluir
  15. Simeia Da Silva Perpetuo1 de julho de 2015 18:41

    Oi, eu não leio e nunca li nada do King, morro de medo dos livros dele,hahaha. Mas esse livro eu até que gostei por ser e ter uma narrativa bem diferente dos livros macabros dele. Fiquei curiosa para saber como e se ela conseguiu fugir desse demônio que é o marido dela. E curti muito essa coisa do sobrenatural com o real, deve ter ficado bem bacana mesmo.

    Ótima resenha, gostei demais.

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia essa obra do king, amei a premissa e sua resenha mas acho que sou medrosa demais pra ler kk.

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?

    Já li alguns livros do King, mas este, não. Gosto de livros que me tiram da minha zona de conforto literária, mas, confesso que a premissa que você apresentou, me parece ser bem forte e intensa, a escrita do autor é sempre sensacional e acredito que nesse não deve ter sido diferente, anotei o nome, mas não sei se irei buscar lê-lo devido ao fato de envolver violência doméstica. Obrigada pela indicação!

    Beijo!
    Ana Luz - LT.

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito da sua resenha! Até porque não conhecia o livro e adorei saber que os personagens são profundos. Quero entrar na mente do Norman também!!!
    Até agora não li nada do Stephen :/ Quero encontrar uma promoção e poder enfim me jogar em seus livros, agora principalmente em Rose Madder :D

    Beijos e um ótimo mês de Julho! :)
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Aline Gonçalves2 de julho de 2015 08:56

    Oie, tudo bom?

    Que interessante esse livro. Nunca li nada do King, mas sou bem curiosa com a obra desse autor. O livro é diferente por misturar temas distintos como superação, violência doméstica e sobrenatural.

    Beijos,

    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá ^^

    Eu não curto terror e afins, ahaha, Stephen King para mim é sinonimo de dormir com a luz acesa, haha, então nao fiquei muito interessada em ler esse livro :)

    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Queria muito poder ler os livros desse cara, mas confesso que não é o tipo de leitura que eu normalmente gosto de ter na minha estante. Quem sabe um dia eu não acabo dando uma chance para o autor.

    laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  22. Celly Nascimento3 de julho de 2015 01:39

    Aline, estou oficialmente louca para ler esse livro. Não sabia da existência dele! Nunca li nada do mestre King (e ainda assim sei que ele é genial), acho que começarei por Rose Madder ou talvez por It, a Coisa. Enfim, ótima resenha! Amei, amei, amei.

    Com carinho,
    Celly.


    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Stephen King é um mestre, ele conduz a história de um jeito surpreendente que te deixa ansioso por mais, atraindo muita gente. O tema é atual e, sem dúvidas, fez com que eu queira ler.

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Francine Porfirio4 de julho de 2015 13:05

    Por favor, me diga que o elemento sobrenatural na segunda parte do livro envolve um incrível monstro que devora o marido de Rose!!!!

    Menina, não conhecia esse livro e nem ouvi falar dele, mas a sua resenha me despertou interesse. Acho que um autor como King abordar a violência doméstica é incrível, porque o cara tem muitos fãs e acredito que a história de Rose pode ter sido útil para alguns leitores que precisavam estabelecer empatia com essa personagem para mudar algumas condutas em suas vidas.

    Enfim, anotei a dica, com certeza.

    Beijos!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Sempre tive curiosidade em conhecer mais a escrita do King, mas empaquei em Misery... Adorei sua resenha, o livro parece ser ótimo e eu vou adquirir mais livros físicos do autor!

    Abraços e até!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li nada desse autor, mas morro de curiosidade e acredito que vou amar as histórias dele. Esse livro eu ainda não tinha lido nenhuma resenha, mas gostei muito da sua, deu para saber mais sobre a história e a mesma parece ser realmente bem interessante.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Olá Aline!
    Eu ainda não li nada desse autor. Mas sou louca para ler.
    Eu achei essa história bem impactante e com certeza vai prender se eu ler.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir