ÚLTIMAS RESENHAS

Latest in Tech

08 novembro 2015

Revival (Stephen King) - Ed. Suma de Letras

Série: -
Editora: Suma de Letras
Autor: Stephen King
Páginas: 376
Nota do Sempre Nerd: 4,5/5
Compre: Amazon 
Em uma cidadezinha na Nova Inglaterra, mais de meio século atrás, uma sombra recai sobre um menino que brinca com seus soldadinhos de plástico no quintal. Jamie Morton olha para o alto e vê a figura impressionante do novo pastor. O reverendo Charles Jacobs, junto com a bela esposa e o filho, chegam para reacender a fé local. Homens e meninos, mulheres e garotas, todos ficam encantados pela família perfeita e os sermões contagiantes.Jamie e o reverendo passam a compartilhar um elo ainda mais forte, baseado em uma obsessão secreta. Até que uma desgraça atinge Jacobs e o faz ser banido da cidade.Décadas depois, Jamie carrega seus próprios demônios. Integrante de uma banda que vive na estrada, ele leva uma vida nômade no mais puro estilo sexo, drogas e rock and roll, fugindo da própria tragédia familiar. Agora, com trinta e poucos anos, viciado em heroína, perdido, desesperado, Jamie reencontra o antigo pastor. O elo que os unia se transforma em um pacto que assustaria até o diabo, com sérias consequências para os dois, e Jamie percebe que “reviver” pode adquirir vários significados.
Esse foi um dos livros mais esperados do mestre, pois o próprio King disse em suas redes sociais que era o livro mais assustador que já havia escrito e isso somando-se ao fato da história ser uma grande homenagem a Mary Shelley e H. P. Lovecraft, fizeram minhas expectativas foram aos céus, como vocês podem imaginar. O fato é que Revaival é um livro incrível e realmente bem escrito, no entanto o seu horror é inserido aos poucos de forma torturante. E apesar de ter um dos finais mais medonhos e chocantes da literatura do terror, pois traz algo inimaginável e realmente pessimista, o horror da história demora para acontecer. Ele está lá, a história é recheada elementos góticos, mas eles são aplicados vagarosamente e em doses muito pequenas. Então para aqueles que esperam algo parecido com O Cemitério, onde o horror é constante e o medo e a tensão estão em cada linha, vão achar Revival um tanto lento. Mas é exatamente essa longa caminhada que faz o final ser tão assustador.

A história é narrada através de Jamie Morton, um protagonista extremamente cativante, aliás, King é imbatível em criar e humanizar personagens e como sempre fazer o leitor sentir seus medos e  suas angústias. 

Jamie narra seus encontros e desencontros com o reverendo Jacobs, desde a infância até a vida adulta. Eles são atraídos um ao outro como imãs e o leitor percebe que algo sinistro irá resultar desses inusitados reencontros. A tensão cresce pouco a pouco.  

O estilo da narrativa dessa obra segue a mesma linha das narrativas de Lovecraft, onde o protagonista faz relatos dos acontecimentos que o levaram até o sobrenatural, trazendo um desfecho sempre amedrentador. Eu diria portanto que é também mais uma entre várias homenagens do King ao Lovecraft, um autor que tem grande influência em muitas de suas história, como O Nevoeiro por exemplo.

Revival vai além de uma histíra de terror, o livro vai tratar de fé, superação e esperança ou a falta dela. King aborda a religião de forma crítica e bem polêmica. Adorei a construção dele e como ele trabalhou o tema, pois não é muito diferente do que se vê em muitas religiões por aí... Embora eu seja religiosa, acredito que muitos usam da fé para se aproveitarem das pessoas.

Revival é também marcante pelo tom pessimista que carrega, acredite é uma das histórias com a conclusão mais desesperadoras que o autor já fez e talvez esse grande impacto final é o que torna Revival uma leitura obrigatória do mestre, mas é um livro para quem já está acostumado com o King.

Encerrando, Revival é um livro excelente que aborda diversos aspectos da fé, traz personagens complexos e mexe com o leitor, contém uma narrativa um tanto presa e é preciso paciência, pois a estrada para chegar ao sobrenatural/horror é longa, mas não deixe de caminhar, pois cada passo valerá a pena, mas lembre-se: quando você chegar lá não há volta e o que te espera é abominavelmente chocante.


16 comentários :

  1. Oi! Nossa, morro de medo de terror, seja em filmes ou livros. Parabéns pela coragem de ler livros assim. Ouço falar muito bem do King, dizem que é um escritor fantástico.
    Só com sua resenha fiquei com medo, que foi muito bem escrita aliás. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Oi,

    Apesar de ter que admitir que a tua resenha está divina, tenho que dizer que fujo desse cara aí...

    Já notei que ou se ama, ou se odeia esse autor, não tem jeito! e eu não consigo ler ele...morro de medo....

    bjs

    Eu Pratico Livroterapia

    ResponderExcluir
  3. Sabe que eu acho King um autor incrível.
    Mas ao mesmo tempo ele é muito malvado e me deixa morta de medo.... Então, mesmo com uma resenha que me deixou bem curiosa e com uma certa vontade de ler o livro, esse é um título que eu passo. Me pareceu super interessante, mas a medrosa aqui é capaz de ficar dias sem dormir....
    Parabéns pela resenha... Você quase conseguiu me convencer :)

    Beijinhos,
    Lica
    amoreselivros.com.br

    ResponderExcluir
  4. Sabe que eu nunca li nenhum dos livros mais voltados ao terror do autor? E quero muito, pois até hoje não li nenhum livro que realmente me deu medo. Pelo jeito, apenas não posso começar por Revival, já que ele é mais "leve" comparados as outras obras do King, né? Mesmo assim me interessei pela trama e vai para os desejados!

    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  5. Ola... tudo bem??

    Há adorei a resenha desse livro.. mesmo a leitura sendo um pouco lenta... acredito que a leitura é das boas.... pois King é o cara... adorei a premissa desse livro... eu pretendo ler o Cemitério antes desse... sua resenha foi extremamente cativante e me deixou muito curiosa... Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Amei sua resenha!!! É a primeira que leio desse livro, e se antes não queria lê-lo, agora estou louca para fazer isso logo! Tem o tipo de premissa que me agrada, então sei que não irei me decepcionar.
    Parabéns pelo texto!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Aline,
    Resenha maravilhosa, cheia de referências, claramente feita por alguém que curte o trabalho do King.
    Infelizmente eu sou cagona demais para terror rs morre de vontade de ler algo do mestre do terror mas o medo sempre vence rs acho que não fui feita para o Mestre.
    Beijos
    Edna

    ResponderExcluir
  8. Olá Aline!

    Estou louca para ler esse livro e pelo visto ele supera expectativas! Adorei sua resenha e saber mais sobre esse livro maravilhoso!

    Garota Vermelha

    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Mais uma blogueira com o mesmo nome que eu \o/ adoro, nosso nome é lindo!!!
    Fiquei mega feliz por vc ser blogueira a tanto tempo, isso é inspirador!!! No tempo que estou blogando ( desde 2011) vi muitas desistirem pelo caminho. Que a força esteja conosco!!!
    Enfim gostei muito da objetividade de seu texto, deu para ter uma noção da história, mas a melhor parte foram as dicas ao longo do texto que você foi liberando. Entre elas que esse livro é mais indicado para aqueles que já estão acostumados com o estilo de escrita do autor. Eu por enquanto só li um livro dele e pretendo continuar a conhecer seus trabalhos no próximo ano, então sei que devo ler mais alguns títulos antes de me aventurar nesse livro resenhado por você.
    Enfim adorei conhecer mais um título do mestre do terror!!!
    Ótimo fim de mês para vc!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  10. Catharina Mattavelli28 de novembro de 2015 14:13

    Oláá

    Noooossa, que legal seu globo haha adorei. Eu adoro o autor e tenho curiosidade em ler vários livros dele, tenho até alguns aqui que estão na fila, espero poder ler esse também, sua resenha está ótima

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Antigamente confesso que tinha medo de ler as histórias do King, mas depois que comecei a ler resenhas com ótimas opiniões fiquei curiosa e li Carrie, A Estranha (adoro essa história, já vi todos os filmes). Agora preciso ler mais histórias do autor e pelo que andei lendo em sua resenha Revival parece bem interessante. Apesar de você ter chamado atenção de que o ideal seria que pessoas já acostumadas com o jeito de escrever do King iriam aproveitar melhor e ter mais facilidade de envolvimento.
    Enfim gostei do texto, das dicas e amei seu blog. A tempos não conhecia uma blogueira que estivesse blogando a tantos anos, parabéns pelo foco, determinação e persistência.

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  12. Hello Aline, não me deixa assim a ponto de sair correndo para comprar esse livro, pedi ele de amigo secreto espero ganhá-lo. Sua resenha está mega empolgante, adorei saber os elementos que o tio King usou para fazer desse livro o melhor! Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bom?

    Não leio livros desse gênero porque sou medrosa, ainda mais esse que é considerado um dos mais tensos. Fiquei curiosa com o lance da fé na trama, mas não é literalmente meu tipo de livro.

    Beijos,

    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. oi, tudo bem?
    eu nunca li nada do King, e confesso que normalmente não tenho vontade (ou coragem), mas sua resenha me deixou curiosa, principalmente para ver como o autor aborda a questão da fé. Mas seu aviso de que o livro é para quem já está acostumado com o autor foi bem registrado, kkkkk
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Ola Aline lindona confesso que terror não é meu gênero favorito ainda não li nada do mestre, e não vou começar com esse livro com esse final medonho mencionado por você rsss fiquei com medo rss. Pretendo começar a ler outro livro dele menos denso. Quem sabe depois me aventuro nesse. beijos

    Joyce

    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?

    Eu ainda não li nada do Stephen por puro medo mesmo rsrs, mas gostei da sua resenha de Revival. Tudo bem que ele parece ser tão assustador quanto aos outros, mas também parece ter personagens interessantes.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir