Header Ads

Header Ads

Mago: As Trevas de Sethanon (Raymond E. Feist) - Ed. SDE Brasil

Série: Saga do Mago #4
Editora: Saída de Emergência Brasil
Autor: Raymond E. Feist
Páginas: 480
Nota do Sempre Nerd: 5/5 - FAVORITADO!

O formidável e último volume de "A Saga do Mago", clássica tetralogia de fantasia de Raymond E. Feist, iniciada com Mago Aprendiz(Arte da capa e ilustrações: Martin Deschambault).Ventos malignos sopram sobre Midkemia. As legiões negras ergueram-se para esmagar o Reino das Ilhas e escravizá-lo com o terrível poder de sua magia. A batalha final entre a Ordem e o Caos está prestes a começar nas ruínas de uma cidade chamada Sethanon. Agora Pug, o mestre conhecido por Milamber, terá à sua frente a incrível e perigosa missão de viajar até a aurora do tempo e lidar com um antigo e temível inimigo. O destino de mil mundos dependerá apenas dele. Enquanto o Príncipe Arutha e os seus companheiros reúnem as suas hostes para a batalha final contra um misterioso demônio ancestral, o temido necromante Macros, o Negro, libertou mais uma vez a sua magia negra. O destino de dois mundos será decidido numa luta colossal sob as muralhas de Sethanon, quando são restaurados os laços entre Kelewan e Midkemia.

Aqui encerra-se uma das sagas de fantasia mais brilhantes e bem estruturadas que eu já tive o prazer de ler. Quem não leu os anterior pode ficar tranquilo, pois a resenha NÃO CONTÉM SPOILERS DOS ANTERIORES.

O início do livro traz um breve resumo dos principais acontecimentos passados e dessa forma contextualiza o leitor rapidamente no extenso universo criado por Raymond E. Feist. Acho isso algo essencial em uma saga como O Mago, pois aqui o leitor acompanha diversos personagens, não existe apenas um protagonista, mas uma infinidade de ligações e acontecimentos, sendo assim é muito importante que o autor tenha tido o cuidado de retomar as questões mais importantes da história, para que ao começar o livro, que traz o desfecho da saga, o leitor possa estar completamente conectado com os personagens e os acontecimentos.

Mais uma vez Raymond nos presenteia com uma história magnífica, recheada de magia, batalhas, intrigas e descobertas e traz de volta os encantadores, mas complexos, personagens que o leitor já conhece. O amadurecimento deles é claramente perceptível no decorrer da saga, por exemplo, o Pug de Mago 1 é apenas uma mera lembrança de quem ele se tornou, acho tão legal quando o autor conseguir imprimir essa evolução, afinal anos se passaram entre um livro e outro e é preciso que os personagens mudem, isso traz credibilidade a trama.

Quem acompanha minhas resenhas sabe do meu amor pela saga e posso dizer que esse é o livro mais fluido de todos, muitas coisas acontecem, segredos são revelados, passados vem à tona. A história é cheia de ação, o que deixa a trama mais ágil, é possível ler várias páginas em uma única sentada sem se cansar.

Ao chegar na conclusão da história me bateu uma certa melancolia, aquela saudade e tristeza por ter que dizer adeus à personagens tão queridos e aos quais eu acompanhei durante muito tempo. 

O final é digno da saga, na minha opinião fechou com chave de ouro uma das histórias mais belas e formidáveis da literatura fantástica. Para quem é fã desse gênero Mago é uma leitura obrigatória. Épico, inesquecível e único!

Nenhum comentário:

Disqus for Sempre Nerd