Header Ads

Header Ads

A Mulher Que Roubou Minha Vida (Marian Keyes) - Ed. Bertrand Brasil

Série: -
Editora: Bertrand Brasil
Autor: Marian Keyes
Páginas: 490
Nota do Sempre Nerd: 4,5/5 

Um dia, andando de carro em meio ao tráfego pesado de Dublin, Stella Sweeney, mãe e esposa dedicada, resolve fazer uma boa ação. O acidente de carro que resulta disso muda sua vida. Porque ela conhece um homem que lhe pede o número do seu celular para o seguro, plantando a semente de algo que levará Stella muitos quilômetros para longe de sua antiga rotina, transformando-a em uma superestrela e também, nesse processo, virando a sua vida e a de sua família de cabeça para baixo. Em seu novo e divertido romance, Marian Keyes narra a história de uma mudança de vida. É tudo muito bom quando se passa de um cotidiano banal para dias cheios de eventos glamorosos — mas, quando essa vida de sonhos é ameaçada, pode-se (ou deve-se) voltar a ser a pessoa que se costumava ser?

Apesar da minha preferência por livros de terror, não nego que adoro um chick-lit e confesso que tinha muito preconceito com esse gênero, até ler um. Eu me divirto com as protagonistas do livros que são sempre mulheres em torno de seus 30 anos que tentam lidar com um péssimo relacionamento, ou com um emprego frustante e etc. Gosto de acompanhá-las durante suas crises e problemas, onde há sempre um mescla de diversão e tristeza.

Nunca havia lido nada da Marian Keyes, que é considerada mestre nesse gênero e foi uma ótima surpresa esse livro, já vi resenhas falando que esse não é tão bom quanto os anteriores, mas por ser meu primeiro contato eu simplesmente adorei.

A autora sabe abordar temas sérios de forma leve e descontraída, trazendo momentos engraçados sem ser inconveniente e  inserindo reflexões mais profundas.

O enredo é bem elaborado e trabalhada passado e presente através de lembranças da protagonista e deixa o leitor curiosa para saber o que aconteceu com Stella para que ela chegasse na situação atual. Os diálogos são inteligentes e bem conduzidos e as reflexões de Stella são muito divertidas, impossível não rir em alguns momentos.

Para aqueles que gostam de romance podem ir fundo no livro, o casal tem uma química incrível, que deixa o leitor com os olhos brilhando. Adorei todas as cenas deles, muito fofos e perfeitos.

Enfim, esse é um livro delicioso e tem tudo o que eu gosto em um chick-lit diversão, trapalhadas, mas também assuntos importantes que fazem o leitor refletir e pensar sobre o próprio mundo. Super indicado!

6 comentários:

  1. Oi Aline, sua linda, tudo bem
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da autora, mas estou acompanhando as resenhas e realmente já vi esses comentários de que não é a melhor obra da autora. Mesmo assim, parece ser uma boa leitura e eu adoro o gênero, às vezes só o que queremos é rir um pouco, uma leitura mais descontraída e com romance é sempre melhor. Gostei da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá...Aline, tudo bem??
    Eu tenho problemas em querer livros dessa temática.. muito raramente algum me chama a atenção para a leitura... na verdade só tive vontade de ler um que ainda pretendo ler que é um nacional... esse infelizmente não despertou minha curiosidade, mesmo diante de uma resenha bem positiva e empolgante... gostei da forma como descreveu o que leu, mas infelizmente a dica irei passar... xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?

    eu também nunca li Marian, acredita? Leio chick lit, mas não é meu gênero favorito, por isso acabei não lendo algumas das autoras mais consagradas do gênero, como a Marian e a Sophie Kinsela.

    Gostei da premissa desse livro, principalmente por abordar assuntos sérios. Talvez por esse motivo ele foi bom primeiro contato com a autora para você, e possa ser para mim também, apesar dos fãs da Marian não acharem tão bom

    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiee, tudo bem?

    Confesso que eu achei o livro um pouco confuso.Tem aquele humor da Keyes, mas não consegui me envolver tanto assim na história. Tem outros da autora que eu gosto mais.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    A Marian tem esse poder de trazer um pouco de delicadeza e reflexão aos chick-lits. Já li vários livros dessa autora e gosto bastante das suas histórias. Parece que nesse o romance está mais evidente, mas sem deixar sua essência. Tomara que você leia os outros em breve.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Aline tudo bem, eu tbm adoro livros de terror e de vez em quando eu leio chick-lit, meu primeiro livro da Marian foi Melancia e não curti, talvez devesse ter começado por a mulher que roubou minha vida. Achei esse título engraçado. Bjkas

    ResponderExcluir

Disqus for Sempre Nerd