Header Ads

Header Ads

O Quarto Dia (Sarah Lotz) - Ed. Arqueiro

Série: -
Editora: Arqueiro
Autor: Sarah Lotz
Páginas: 352
Nota do Sempre Nerd: 5/5

Em O Quarto Dia, Sarah Lotz conduz o leitor por uma viagem de réveillon que tinha tudo para ser perfeita. Mas às vezes o novo ano reserva surpresas desagradáveis...
Janeiro de 2017. Após cinco dias desaparecido, o navio O Belo Sonhador é encontrado à deriva no golfo do México. Poderia ser só mais um caso de falha de comunicação e pane mecânica... se não fosse por um detalhe: não há uma pessoa viva sequer no cruzeiro.
As autoridades acham indícios de uma epidemia de norovírus, mas apenas descobrem os corpos de duas passageiras. Para piorar, todos os registros e gravações de bordo sofreram danos irreparáveis.
Como milhares de pessoas podem ter sumido sem deixar rastro? Teorias da conspiração se alastram, mas só há uma certeza: 2.962 passageiros e tripulantes simplesmente desapareceram no mar do Caribe.


O Quarto Dia é o novo livro da autora Sarh Lotz, lançado pela Editora Arqueiro. Como vocês sabem eu adorei o primeiro livro da autora, Os Três, e apesar de os dois livros apresentarem uma conexão entre alguns acontecimentos não são necessariamente uma série e podem ser lidos de forma independente.

Em Os Três a autora apresentou sua história de uma forma bem peculiar, como mencionei na resenha (leia aqui), o que deixou a leitura bastante lenta e arrastada, mas mesmo assim a história foi incrível e eu amei o livro. Já em O Quarto Dia a Sarah desenvolveu sua narrativa em um ritmo muito mais rápido e de forma linear, apresentado os capítulos alternados entre cinco personagens muito importantes e proporcionando ao leitor uma experiência mais completa e interessante.

Aqui a história se passa em um cruzeiro O Belo Sonhador, em janeiro de 2017. Após passar cinco dias desaparecido o navio é encontrado a deriva no golfo do México com mais de três mil passageiros desaparecidos. As especulações em torno do ocorrido são muitas e o mistério que envolve tudo isso é algo extremamente instigante.

Amo histórias que se passam em navios e quando comecei O Quarto Dia fiquei completamente fisgada pela leitura. O enredo que a autora criou é maravilhoso e a medida que vamos conhecendo a gama de personagens, capítulo a capítulo, nos envolvemos cada vez mais com os acontecimentos no navio: o pane, os passageiros, a falta de comunicação, o medo das pessoas por estarem ilhadas.  É algo estarrecedor e causa certo pânico, afinal estão todos no meio do mar, para onde fugir?

O Quarto Dia é uma história permeada de mistérios e em alguns momentos causa certo terror, pois coisas estranhas começam a acontecer quando o navio sofre um pane e perde a comunicação com o resto do mundo. Vultos são vistos e o pânico toma conta das pessoas. Existem várias passagens sinistras que fazem com que a tensão aumente, além do fato dos cinco personagens mais importantes da trama começarem  ter experiências sinistras com coisas estranhas e assustadoras.

Assim como em Os Três, a autora deixou o final da história bem aberto, ela não dá muitas explicações acerca do que realmente aconteceu, o que deixa tudo ainda mais assustador, pois vai de cada leitor imaginar o que aconteceu e formular suas próprias teorias acerca desaparecimento dos passageiros e da tripulação.

Livro genial e mais que indicado para os amantes de terror! Espero que a Sarah Lotz traga mais histórias sombrias e complexas, pois já me tornei fã do estilo da autora.

Nenhum comentário:

Disqus for Sempre Nerd