Header Ads

Header Ads

Onde Está Elizabeth? (Emma Healey) - Ed. Record

 Série: -
Editora: Record
Autor: Emma Healey
Páginas: 308
Nota do Sempre Nerd: 3/5

Vencedor do Costa Book Awards e do Premio Salerno Libro dEuropa, o romance de estreia de Emma Healey é uma delicada narrativa sobre memória misturada a um thriller. Maud tem 80 anos e está ficando cada vez mais esquecida. Sua própria filha e sua casa lhe parecem irreconhecíveis, e ela escreve bilhetes para si mesma na tentativa de lembrar do cotidiano. Um dia, um dos bilhetes informa que sua amiga Elizabeth está desaparecida. Embora todos lhe assegurem que ela está bem, Maud embarca numa missão para encontrá-la. A iniciativa, no entanto, acaba se confundindo com a história de Sukey, sua irmã mais velha, desaparecida desde o fim da Segunda Guerra Mundial.


Por se tratar de um thriller vencedor de um prêmio importante e por ser um livro que está causando reboliço entre os leitores, minha curiosidade e expectativa em relação ao mesmo eram bem altas. Afinal eu amo thrillers e adoro conhecer novos autores do gênero. No entanto, confesso que fiquei um tanto decepcionada com o desenvolvimento da trama. O enredo tem um mote realmente bom e instigante no inicio, admito, mas no decorrer da história se torna repetitivo e cansa.

Aqui vamos acompanhar Maud, uma senhora que percebe que sua amiga Elizabeth está desaparecida, porém Maud tem problemas de memória e vive esquecendo das coisas, o que a torna uma narradora não confiável e eu simplesmente amo esse estilo de livro,  pois assim não sabemos em que acreditar, se podemos confiar ou não nas informações passadas por esse tipo de narradores. Adoro essa sensação de dúvida, faço mil conjecturas e desconfio de tudo.

A princípio senti uma imensa compaixão por Maud e por sua filha, pois a autora consegue nos mostrar os dois lados dessa doença: quem sofre com ela e que convive com a pessoas, e é muito triste mesmo. Só que a autora bate muito nessa tecla e a situação se torna repetitiva. Já era possível compreender a situação de Maud e dos outros ao seu redor. Eu queria um pouco mais de suspense e menos drama, afinal é isso que o livro promete.

É um livro bom e eu gostei mesmo da leitura, só senti que a autora pesou de um lado e esqueceu um pouco do outro. Acredito que seja uma história muito mais proveitosa se você já for ciente de que se trata de um drama.


Com relação ao desfecho e a resolução do mistério o livro me deixou surpresa, pois era algo que eu não desconfiava. Isso me agradou, acredito  que para que gosta de dramas ou leves suspense vai gostar da trama.

Nenhum comentário:

Disqus for Sempre Nerd